Welcome to our website !



    Falar de comida é sempre bom, e quando o assunto traz junto uma receita fácil e deliciosa? Ah, fica tudo muito melhor! Já testei várias receitas de cookies e nunca encontrava uma "perfeita". A perfeição aqui significa que agradou o paladar de todos lá em casa. A massa é super fácil de fazer, nada de extravagante na receita, espia no armário e confere os ingredientes para fazer uma fornada cheirosa e gostosa de biscoitos.

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de açúcar mascavo
  • 1/4 xícara de açúcar branco
  • 1,5 xícara de farinha
  • 75 g de manteiga
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 ovo
  • 1 xícara de gotas de chocolate


 Preparo:


  1. Comece por bater a manteiga na batedeira até obter uma mistura esbranquiçada e macia.

  2. Em seguida, adicione os dois açucares, colocando um de cada vez e batendo sempre. Adicione a farinha e o bicarbonato e, por fim, as gotas de chocolate.


     

        A massa vai ficar com esta consistência da imagem acima. Com o forno pré-aquecido em 180ºC é só colocar a forma para assar por cerca de 20 minutos. Tcharam! Sua casa ficou cheirando à biscoitos e bem quentinha! Essa receita é ótima para aqueles dias mais friozinhos, agora é só cozinhas!

    Dicas:

    - Eu costumo cobrir a forma com papel manteiga, facilita a vida na hora de tirar os biscoitos.
    - Quando as bordinhas começam a ficar douradas eu tiro eles do forno, não deixo dourar por inteiro, ele ainda vai estar mole, mas quando esfriar ele endurece. 

     Sábado é dia de Barca dos Livros, aqui em Floripa existe um projeto muito legal chamado Barca dos Livros. A Barca possui uma biblioteca comunitário localizada dentro do LIC (Lagoa Iate Clube), aberta para a comunidade, e todo segundo sábado de cada mês promove seu passeio de barco literário com contação de histórias, música e sorteio de livros.


    O ponto de partida da Barca é no trapiche da Lagoa da Conceição, ao lado do terminal de barcos que levam até a Costa da Lagoa. Normalmente, eles montam esta barraca vermelha e fica mais fácil localizar. Assim é só você comprar sua passagem, R$5,00 para adultos, crianças não pagam (mas não sei informar até qual idade é isento), e guarde este número pois com ele você participa de um sorteio de livros infantis ao fim do passeio.


    Logo que você entra na Barca já tem vários livros espalhados pelos bancos, basta sentar e escolher um para começar a ler. Os livros são novos e muito bem cuidados, portanto é um bom momento de ensinar para as crianças a cuidar de algo coletivo e da mais linda fonte de cultura: o livro. Du ama um livro, entrou e já se encantou com as histórias.


     O Ben ainda não sabe ler, ele ainda está "juntando as silabas", mas leu as imagens criou sua própria história e depois pediu para o pai ler o livro. O que nos forma e nos transforma são nossas memórias, eu acredito que momentos como esse, simples, criam memória valiosas. Na realidade tão digital que vivemos, uma tarde com simplicidade e muita proximidade é um excelente detox da rotina estressante.


    O barco parte em direção ao meio da lagoa, desliga os motores e começa a contação de história. Nessa hora, na minha opinião, tudo é lindo, dentro e fora do barco. Fora do barco a paisagem linda dos morros e da própria Lagoa,  dentro do barco um grupo de adultos e crianças viajam no mundo encantado da imaginação!



    Um passeio tranquilo, suave e simples. Para a minha família foi um ótimo passeio, pois para criarmos memórias lindas a gente só precisa da gente! Recomendo o passeio, uma tarde diferença numa cidade que as opções culturais são bem limitadas e com crianças fica ainda mais difícil. Num lugar tão lindo aproveitar os espaços abertos é muito bacana, e não pesa no bolso um passeios desses. A Barca não possui fins lucrativos e os contadores e violeiro que estavam lá são todos voluntários, para projetos como este não morrerem é necessário ter público, acredita em mim vale uma visita! Se ainda não te convenci, olha essa imagem aqui embaixo e me diz se momentos como este não são de puro amor?

 

    Agora o blog ganhou um canal no Youtube, para conhecer clique aqui. Para começar o primeiro vídeo é para iniciantes no crochê, para quem realmente não sabe nada, aprendendo a fazer correntinhas. Teremos mais vídeos neste tema de iniciantes e alguns outros na linha faça você mesmo, area que eu amo fazer experimentações. Então sinta-se à vontade de conhecer, se inscrever, curtir e compartilhar o canal. O primeiro vídeo você pode assistir aqui embaixo.


     No mês de julho todos aqui em casa estão de férias, mas neste ano as mini-férias do marido não coincidiram com as férias das crianças. Como os pequenos ainda estão no Jardim não houve problema em faltar uns dia de aula e ir viajar para aproveitar com o pai. O destino foi Rio Grande do Sul, Porto Alegre, visitar a família do marido.
     O destino foi um lugar lindo que as crianças ainda não conheciam, a Pousada  Rural Haras Cambará, que pertencem aos tios do marido. O lugar é lindo, tranquilo, pertinho da muvuca de POA e possui uma arquitetura linda, repleta de ideias criativas de reutilização, bio construção e integração com a natureza que a cerca.

     Um dos cursos que realizam na Pousada é o de telhado verde, como nesta foto acima. Os ambientes ficam mais frescos no verão e com toda certeza muito mais lindos.


     Originalmente a pousada era um Haras da própria família e as baias dos cavalos foram transformadas em quartos para os hospedes, mantendo as portas originais (elas realmente abrem em duas partes e são super largas).

     Parte dos quartos tem as janelas voltadas para este jardim interno e do outro lados mais baias antigas ou novos quartos. 


     Se me deixarem fico aqui até amanhã postando fotos lindas das ideias bacanas que encontramos naquele lugar, mas deixo pra outro post mais informações sobre outras técnicas de bio construção que encontramos por lá e quem sabe não servem pra você também? Esta última foto é de umas das portas que dão acesso aquele jardim lá de cima, ela é feita com tijolos maciços e garrafas de vinho. Pelo lado de dentro o bate nessas garrafas e espalha um luz linda no salão.  Uma graça de se ver algo simples e tão mágico!

 
          Mas nossas férias não pararam por aí, voltamos pra casa e o marido voltou ao trabalho. As crianças realmente entraram em férias e ficamos uma semana em casa só na preguiça, e na semana passada fomos encerrar nossa férias em Curitiba visitar a minha família. Mas essa já é outra viagem... Logo trago um post com mais ideias da casa da minha tia em Curitiba que também é um encanto! Boa semana! 
     Olá, hoje vim mostrar pra vocês um vídeo tutorial incrível, eu que sei fazer apenas algumas formas com biscuit fiquei encantada com este trabalho. A moça do vídeo faz um colar de guitarra perfeito com as massa de biscuit, uma delicadeza e destreza incríveis na minha opinião.
     Este vídeo ser de inspiração tanto pra você que trabalha com biscuit e quer renovar seu repetório, quanto pra você que quer um acessório único e tem coragem de por a mão na massa. Arrisque, experimente vai que você descobre uma nova habilidade?!


     Encontrei este vídeo no site Make que é repleto de tutoriais nos mais variados assuntos, mas o site é inglês e boa parte do vídeos também. Se você "don´t speak english" (como eu) agradeça  e recorra ao nosso salvador Google Translate. 
     Vale a pena passear um pouquinho pelo site e descobrir muita coisa legal. Aproveite o dia!


     
Uma de minhas aquarelas.

     Nossa, muito tempo passou e tanta coisa aconteceu nessa minha vida! Muita coisa boa ! Nesse tempo que fiquei longe meu filho pequeno começou a estudar, nevou aqui ao lado de casa, saímos do ap para um sobrado (melhor coisa que fizemos!), comecei a aprender libras (sempre quis muito!), comecei a fazer curso de artes aplicadas (mas não consegui conciliar...), comecei a estudar Artes Visuais ( e já estou na 3/4ª fase), fiz 30 anos, meus filhos viajaram de avião pela primeira vez, comecei a pintar aquarelas, comecei a fazer curso de Xilogravura (mas a distância era grande e não deu pra continuar...), costurei menos que gostaria, pintei mais, fiquei mais leve e tranquila na casa nova... Enfim vivemos muito no último ano, crescemos muito também e o melhor continuamos todos juntos e felizes!
     Vou ser honesta, tinha desistido do blog, achei que me ocupava bastante tempo fazer algo direitinho, um tempo que naquela época não estava sobrando. E o principal de tudo era a satisfação que estava morrendo, não conseguia mais me sentir realizada e satisfeita com este trabalho (sim, isto é um trabalho que requer dedicação e muita perseverança). Mesmo não pretendo continuar não tive coragem de excluí-lo, deixo o bichinho aqui abandonado pra ver o que acontecia. Juro que achei que o Blogger encerraria a conta por abandono!  "Sabe de nada inocente!"
     O que me fez voltar? A vontade de dividir minhas experiências com outras pessoas, de dividir os conhecimentos que adquiri neste tempo, os momentos, inspirações e tanta coisa legal e bacana que tenho certeza que interessaria muita gente. Adoro ver lindas imagens de decoração, costuras, crafts e etc, no Pinterest, as horas se vão tão rápido quando entro neste site. E lembrei que também poderia voltar a compartilhar minhas idéias e vivencias outra vez, entrei no blog de mansinho com medo das aranhas que iria encontrar dominando este espaço. Minha surpresa foi imensa quando vi que ainda haviam muitos acessos, que as pessoas ainda comentavam e elogiavam os post. Fiquei tão feliz e me perguntei como consegui fica longe por tanto tempo??? 
     Bem para um post de retorno acho que ele já ficou imenso. Prometo que este retorno não será intenso e linear, mas de acordo com meu tempo, minhas vontades e possibilidades, sem pressão! Volto feliz, tranquila e pronta para retomar aquilo que sempre foi meu, este blog querido que foi importantíssimo em momentos muito difíceis da minha vida. Obrigada por ainda lerem! :D



     Depois de um período de muitas festas, Natal em Curitiba, Ano Novo em Floripa, Aniversário do Du e uma catapora avassaladora que está por aqui, eu volto ao trabalho e aos post do blog. E em período de quarentena nada melhor que costurar, com crianças ao pé da máquina é claro!
     Antes do Natal fiz duas bermudinhas para meus pequenos comprei uns tecidos de caveirinhas e ficou super bacana. Eles adoraram as estampas e eu adorei o custo! :) Comprei 0,50 metro de tecido, com 1,40 de largura, para cada um e sobrou tecido. Agora em janeiro comprei mais meio metro para cada um, mas fui mais experta e econômica e com ½ metro de tecido fiz duas bermudas! Como as bermudas para o Ben são tão pequeninas consegui encaixar os moldes na sobra de tecido da bermuda do Du, e ainda sobrou um pedaço de 20x35cm. 
     O molde eu não fotografei o "processo" de produção, mas foi bem simples: dobrei ao meio na vertical a bermuda que eles já tinham, coloquei um papel embaixo e risquei  esticando bem o gavião para frente. Depois dobrei outra vez na vertical, só que colocando a parte de trás da bermuda para cima, e risquei também. Acho que ficou confusa minha explicação né? Vou tentar fotografar ou gravar para mostrar como eu fiz.
     Antes de tudo, me desculpe pela qualidade das fotos e vídeos, meu amadorismos predominada nesta cena, mas se mesmo assim você quiser ver... Divirta-se!
          Com o molde pronto você risca o tecido e corta 2 vezes cada molde, totalizando 4 peças de tecido. 

     

         Em seguida você coloca um par em cima do outro, frente com frente.

  
     Neste momento você vai fazer a primeira costura que parte do cós até o gavião, sem fechar as pernas. Não entendeu? Fiz um vídeo para visualizar melhor o que estou falando.


Foto do detalhe da costura até o gavião.


     Para ter certeza que fez a costura do modo certo, ela deve ficar como na imagem abaixo. Você deve fazer isto nos dois pares, aqui mostrei no molde da frente e repeti o mesmo processo no molde de trás.


     Agora costure os meio das pernas, ou o gavião da bermuda. Coloque os dois pares sobrepostos, frente com frente, e os una com uma costura nesta parte central. Veja o vídeo abaixo.


     Por fim, costure as laterais, as barras das pernas e a cintura, não esquecendo de deixar uma abertura para passar o elástico.


     Como falei no vídeo, uma opção é cortar com a tesoura de picotar e passar o zig-zag. Abaixo a imagem mostrar a peça já com o corte da tesoura de picotar.

     No detalhe é possível ver que é necessário deixar uma espaço de tecido entre a costura e o picote, e será rente ao picote que você costura o zig-zag (desculpe não fotografei esta parte!).


     Gostou? Acha que consegue fazer? Espero que ter ajudado, que você tenha perdido um pouco de medo da máquina. Deixo claro que não sou costurei profissional e não domino todas as técnicas de corte e costura, estou apenas compartilhando com vocês o meu método de costurar bermudas para os meus filhos. Não tenho um acabamento profissional e nem é este meu objetivo, apenas quero gastar menos com roupas e me divertir mais com esta terapia que é costurar.  Mostro aqui que uma máquina de costura ( a mais simples que existe) e uma cabeça criativa podem produzir coisas fantásticas e únicas, sem a "perfeição" e a repetição dos produtos fabricados e série.  Tenha uma boa semana e divirta-se com seus tecidos!